"Eu, Sinuhe, filho de Senmut e de sua mulher Kipa, escrevo isto. Não o escrevo para a glória dos Deuses da terra de Kan porque estou cansado de deuses, nem para a glória dos faraós porque estou cansado de seus feitos. Tampouco escrevo por medo ou por qualquer esperança no futuro; escrevo para mim, apenas. O que vi, conheci e perdi durante a minha vida, foi coisa demasiada para que me domine um vão temor; e, quanto a algum desejo de imortalidade, estou tão exausto disso quanto dos deuses e dos reis. É apenas por minha causa que escrevo, por tal motivo e essência, diferindo eu de todos os escritores passados e vindouros".

O egípcio, de Mika Waltari


Se além da minha satisfação pessoal, esse site, despertar em alguém, bons sentimentos em relação aos museus – uma antiga paixão – terei atingido todos os meus objetivos...

Clique aqui para entrar


CLIQUE PARA ENTRAR

(31) 9961-2884 | [email protected]

última atualização: janeiro 2012
webmaster: Filipe Chagas@2007